segunda-feira, 27 de outubro de 2008

E é assim...

Hoje, ia no meu autocarro de sempre... (123, pelas 18h).
Enquanto ouvia uma musica deprimente, com uma letra mais deprimente ainda, não estava a pensar nele, nem em todas aquelas porcarias que me atormentavam á meses.
Nisto, pensei pra mim mesma "Olha, não sinto aquele aperto no peito... nem aquela falta de ar quando penso nele... na verdade, não estou a sentir realmente nada e esta letra já nao me diz nada também!"
Foi assim que me apercebi, estou curada :D
Mesmo depois de o ter mirado hoje ao longe como quem não quer a coisa, mesmo depois de ter levado com algumas bocas sobre o assunto, não me senti deprimida...
Aos poucos, vais 'morrendo' e isso é que importa agora.

Dizem que o tempo cura tudo... bem, tudo tudo, não sei, mas a maior parte sim, completamente :)


P.S. - Dentro de poucos dias, faz um ano que o conheço... sim, pode ser que seja um dia melancólico... ou pode ser que seja apenas só, um dia. ;)

2 comentários:

Nádia Paiva disse...

"Mesmo depois de o ter mirado hoje ao longe como quem não quer a coisa"

Pois para quem não estava "interessada" foi dificil desviar o olhar x)

Ritz disse...

É normal acho :s
E também já nao o via á quase dois meses...